Tango e a Técnica de Alexander

cropped-img_2769.jpg

Certa vez, ouvi uma entrevista de Pina Bausch na qual ela dizia que temos as palavras para expressar nossas percepções, sentimentos e pensamentos, e isto é verdadeiro em muitas situações de nossas vidas. No entanto, em algumas outras, as palavras não bastam. É nesse momento que surge a dança.

É neste recinto fechado à palavra onde começa a nossa vida interior. Dançar é mover emoções e ocupar esses espaços internos, é essa tentativa de comunicar o incomunicável a partir do que temos de mais essencial e voluntário em nós, a nossa capacidade de atenção ao que estamos fazendo, sentindo, pensando.

Perda de tempo seria a perda dessa capacidade de atenção, e a Técnica de Alexander oferece ferramentas que nos ajudam a manter a conexão com o momento presente.

Se dançar tango já é bom, imagina com a ajuda da Técnica de Alexander!

Informações sobre as aulas:

https://bastosluciano.wordpress.com/aulas/

Um grande abraço!