Feliz 2015 e um excelente retorno às aulas!!!

Há pouco mais de um ano, iniciei uma longa e difícil jornada, junto com Dante Alighieri e o poeta romano Virgílio, pelos reinos do Inferno, Purgatório e Paraíso. Longa porque em vários momentos, me vi “empacado” em alguns Cantos e difícil porque a construção das frases e a enorme quantidade de palavras que nunca tinha ouvido embaralhavam o meu raciocínio e, somente muito aos poucos pude visualizar as imagens que ele descreve ao longo desse inesquecível e grandioso poema.

Dante termina o último Canto do Inferno nos seguintes termos:

“subimos, ele primo e eu segundo,
até surgir-nos essas coisas belas,
que o Céu conduz, por um vazio rotundo;

saímos por ali, a rever as estrelas.”

Ontem, 31 de dezembro de 2014, após, junto com o poeta, banhar-me no Rio Letes – que apaga as memórias de culpas e pecados – e depois no rio Eunoé – que conserva a memória das boas ações cumpridas – consegui deixar a montanha do Purgatório e posso, finalmente, seguir viagem em direção às estrelas!!!! Sim, as estrelas também encerram o segundo livro do poema.

Estrelas são guias, são grandes idéias, são grandes pessoas, estrelas dão rumo, norte, inspiram e orientam. Que nosso 2015 seja repleto de brilhantes estrelas e que, com o olhar direcionado para elas, consigamos fazer com que este ano seja, no mínimo, memorável!!!

Feliz 2015 e um excelente retorno às aulas!

Dali-Purgatory_Canto_33

Salvador Dalí – Purgatório – Canto 33