Aprender a pensar dentro da caixa

Hoje é dia de Laboratório de Tango na Sala de Dança! Momento para experimentar novas combinações, de usar os atuais limites como impulso criador, momento para se desafiar e se divertir! 


Já visitou nosso site?

https://www.lucianobastosdanca.com.br/

Já curtiu nossa página no Facebook?

@tangolucianobastos

Manter ou estar?

Você já parou para pensar que existe uma diferença entre se manter em equilíbrio e estar em equilíbrio?


Dentre as várias definições, segundo o dicionário Aurélio, manter é deixar ou ficar em determinada posição ou estado. Já estar é o modo de ser; é ser presente; é uma posição de imobilidade, uma postura, uma atitude.

Pode parecer que não mas essa sutil diferença entre se manter e estar pode criar experiências muito diferentes dentro de uma dança.

Quer saber como isso funciona na prática? Venha fazer uma aula conosco! Estamos esperando por vocês! 

Visite nosso site e se informe sobre as atividades e horários!

http://www.lucianobastosdanca.com.br

Um lugar para aprender e se divertir!

Você já conhece o trabalho que realizamos aqui na Sala de Dança Luciano Bastos?

Vou te contar… mas aos poucos, a cada semana um pequeno post com uma história, frase ou ideia.

Aqui na Sala, não temos um método a ser aplicado a todos os alunos, tentamos nos colocar no lugar do outro para poder entender onde está o nó, a dificuldade, o entrave no aprendizado.

Algumas vezes ele está na organização corporal, outras na atitude mental, na disposição psicológica ou até mesmo cultural do aluno e só então propomos um caminho para superar essas dificuldades e ajudar os alunos neste belo processo do aprender.

Quer saber como isto funciona na prática?

Venha fazer uma aula! Estamos esperando por você!

saladança1

Visite nosso site! Curta nossa página no Facebook e fique por dentro de tudo o que acontece por aqui!

https://www.lucianobastosdanca.com.br

@tangolucianobastos

 

Seminário Especial Cecilia Gonzales e Luciano Bastos

“…No entanto, nós, seres humanos, aonde quer que vamos, sempre teremos uma fronteira bem diante de nós, uma fonte de encantamento e admiração, precisamente pela fascinante estranheza da terra. A mulher terá o homem, e o homem a mulher.”
                                                                                   Anthony Esolen
E assim os convidamos para participar do nosso seminário especial nos dias 25 e 26 de abril, na Casa do Tango.
As aulas serão sobre Giros e Boleos (técnica, conexão, equilíbrio, elegância…), além é claro, de uma oportunidade de nos maravilharmos com os mistérios que envolvem esse encontro tangueiro entre um homem e uma mulher.
Façam suas inscrições!
Abraços tangueros.
Imagem inline 1

Eva, un recorrido – El Cortejo

Esse foi a dança de abertura do espetáculo Eva, un recorrido, encenado durante os meses de agosto e setembro de 2012. Momento de emoção e encanto que agora compatilho com vocês!


Eva, un recorrido
Intervención Coreográfica Museo Evita
dirección: Andrea Castelli
Bailan: Aurora Lubiz y Luciano Bastos

Imágenes gentileza del Plan Nacional Igualdad Cultural, Secretaría de Cultura y Ministerio de Planificación, Obras públicas y Servicios
http://www.evaunrecorrido.worpress.com

Tango e Técnica de Alexander

“Não importa o quão grande seja o movimento de uma obra de arte; seja ele de extensões infinitas, ou originado do fundo do céu, ele deve sempre voltar-se para si mesmo.”

Rainer Maria Rilke sobre a obra de Auguste Rodin

Desde meu início no tango, percebo esse contínuo voltar-me para mim mesmo, um contínuo desejo de ocupar-me plenamente em cada compasso de um Pugliese ou Di Sarli. Gosto de dizer que sinto-me preenchido por estas mágicas notas e melodias.

No tango, deste movimento em direção à nós mesmos, surge um outro que, de modo antagônico, nos leva a uma experiência de transcendência, apontando-nos para o outro, e que nos leva a desejar dar prazer a quem temos nos braços e vivermos esses eternos 3 minutos como se fossem os últimos.

Tanto na vida, como nas milongas tangueras, o maior palco onde esse espetáculo se desenrola é o nosso próprio corpo, templo sagrado, nossa história viva e mutante, capaz de ser plena e grandiosa.

É seguindo o brilho destas estrelas que, já orientaram tantos navegadores, poetas e pensadores, que o Tango e a Técnica de Alexander podem , juntos, nos ajudar a encontrar simplicidade, integração, plenitude.

Se você quer experimentar, não perca tempo e venha fazer uma aula conosco.

Deixo para vocês um abraço e dois beijos, um meu e outro do Rodin!

Desfrutem!

le baiser - Rodin

Boas Festas!!!

“Treme a folha no galho mais alto.
(O resto é paisagem…)”
Assim termina Mário Quintana o seu poema chamado UNI-VERSO. A atenção concentrada do poeta, sua tranquilidade para parar e sorver, de olhos fechados, o cheiro bom da terra. Sua disposição para estar presente, inteiro. Sua abertura para um universo que cabe todo, em um único verso…
O que desejo a vocês em 2014 é essa capacidade de abraçar o mundo e o agora sem sair do lugar, e de reconhecer a poesia em uma folha que treme no alto de um galho, em uma caminhada de mãos dadas com alguém que você ame, em um sorriso de boas-vindas, no tango dançado em um bom abraço, no sorriso de uma criança, no contemplar o belo em um pôr-do-sol ou em uma noite cheia de estrelas.
Desejo que em 2014 vocês possam encontrar o infinito, abraçá-lo e, do tamanho dele, se tornar.
Para terminar, deixo a frase de um poeta e pintor inglês, chamado William Blake.
“Se as portas da percepção estivessem abertas, tudo pareceria como é: infinito.”
Boas festas!!!